© Todos os Direitos Reservados. Não é permitido compartilhar o conteúdo deste Blog em outros sites. Este Blog está protegido contra cópias de seu conteúdo inteiro ou em partes. Grata pela compreensão.

Capítulo 2 - Praśna Tantra

Traduzido por Karen de Witt
© Todos os direitos reservados.
O livro está disponível para leitura on-line, mas não pode ser comercializado.
Somente os Ślokas foram traduzidos, preservando-se o trabalho didático do autor com suas análises e consequentes observações.
VOLTAR AO ÍNDICE

________________________________________________________



Capítulo 2 – Bhāva Praśna


Estimativas Gerais


1 – Se, de acordo com o horóscopo ou a astrologia horária, qualquer Bhava que estiver associados com ou aspectado pelos seu Senhor ou por planetas benéficos, ele ganhará vitalidade (o assunto da casa prospera). Os efeitos serão destruídos se maléficos aspectarem ou se juntarem a eles.
2 – O objeto da questão será realizado se benéficos se juntam ao Lagna ou seu próprio varga [1] surge no Lagna ou o Lagna acontece de ser um signo Sirshodaya. Se, ao contrário, o objeto não irá prosperar. Se as influencias estão misturadas, então haverá sucesso depois de contratempos iniciais.
3-4 – O Senhor do Lagna aspecta o Lagna e o significador aspecta a casa (apropriada); ou o senhor do Lagna aspecta a casa; ou o Senhor do Lagna aspecta a casa e o significador aspecta o Lagna; ou o Senhor do Lagna e o significador estão em mútuo aspecto; ou a Lua aspecta tanto o significador quando o Senhor do Lagna; nestas estimativas o objeto da pergunta irá ser completamente realizada.
5-8 – As chances de sucesso serão de:

1/4 (25%) – se o Lagna não estiver aspectado nem por seu Senhor nem por um benéfico.
Metade (50%) – se o Senhor do Lagna está aspectado por benéficos;
3/4 (75%) – mesmo se um benéfico aspecta o Lagna ou seu senhor; ou o Senhor do Lagna, ou 2 ou 3 benéficos, estão na 10ª; ou 3 benéficos aspectam o Lagna; e
Inteira (100%) – o Lagna é aspectado por seu Senhor, ou a Lua está livre de aflição e benéficos aspectam o Lagna.

Combinações Maléficas

9 – Planetas derrotados em guerra por maléficos, aqueles associados com maléficos e planetas em combustão [2] dão resultados desfavoráveis.
10-12 – Uma pergunta como “quando acontecerá”, deve ser respondida assim, haverá sucesso quando:

(a) o Senhor do Lagna aspecta a significação e o significador aspecta o Lagna;
(b) o significador estando situado no Lagna aspecta o senhor do Lagna;
(c) o significador ocupando um signo que não o Lagna, aspecta o senhor do Lagna;
(d) o significador aspecta o Lagna, senhor do Lagna ou a lua;
(e) o senhor do Lagna e o significador estão mutuamente associados quer no Lagna ou no Bhava (casa) concernente;
Em (b) e (c) o sucesso será imediato ou atrasado, respectivamente.


[1] – (a) O Lagna está junto de planetas benéficos; (b) o ponto do Lagna tem o próprio varga ou um varga amigável; (c) o Lagna acontece de ser um signo Sirshodaya, isto é, Gêmeos, Leão, Virgem, Libra, Escorpião e Aquário, que se elevam com a cabeça.
[2] Combustão – marte 12º; mercúrio 8º; júpiter 9º; Vênus 7º; e Saturno 9º. Guerra planetária – a exata yuti entre 2 ou mais planetas.

Stanza 13 – O objeto do querente não será realizado se o significador não aspecta o Lagna ou seu senhor. Em uma pergunta pertencente ao sucesso ou falha, nenhum Bhāva que não aquele do Lagna deve ser considerado importante.


Primeiro Bhāva

1 – Se uma pessoa coloca a pergunta ‘sobre o passado, presente e futuro’, primeiramente acerte as forças do Lagna e de Candra. Se ambos estiverem fracos, o objeto do querente falhará.
2 – Sempre note a força do Navāṃśa Lagna. Se ele estiver sujeito a aspectos benéficos, a pessoa obterá resultados favoráveis em sua pergunta. Aspectos de maléficos causam resultados desfavoráveis.
3 – Leia o passado, presente e futuro a partir dos planetas que estão, respectivamente, em Musaripha, em yuti ou em Ithasala com o Senhor do Lagna.
4 – Se o Senhor do Lagna está no Lagna ou em yuti com benéficos, o querente se torna livre de preocupação e de má saúde.
5 – Caso o Senhor do Lagna seja um maléfico ou um benéfico, haverá brigas, doenças e perda de dinheiro; ou equilíbrio mental, ganhos de dinheiro e de felicidade, respectivamente.

Segundo Bhāva

6-8 – Se em uma pergunta sobre finanças, prediga ganhos de dinheiro se o Senhor do 2º Bhāva estiver em Ithasala com o Senhor do Lagna ou com Candra; ou se estiver em yuti com ou aspectado por benéficos.
Se maléficos estiverem no 2º Bhāva, o querente ganhará dinheiro a partir de uma terra distante e também sofrerá aflição. Se o Senhor do 2º Bhāva estiver em Muthaśila com maléficos, o querente pode morrer.
Se o Senhor do Lagna estiver em Ithasala com o 2º Bhāva ou com o Senhor do 2º Bhāva, em qualquer Bhāva que o planeta estiver situado, isso assegura ganhos através daquele Bhāva.
9 – Se Mercúrio no Lagna estiver aspectado por Candra ou por um maléfico, haverá ganho de riqueza, mas também desagradáveis acontecimentos.
10 – Quando Candra, o Senhor do Lagna e o Senhor do 2º Bhāva, estiverem em yuti ou em mútuo aspecto, ocuparem o 2º Bhāva, ou um Kendra, ou um Trikoṇa, haverá ganho imediato de riqueza pelo querente.
11 – Se o Senhor do Lagna possuir benéficos shadvargas, e se o Lagna estiver aspectado por ou associado com benéficos, o querente assegura ganhos imediatos. Caso contrário, resultados inversos acontecerão.
12 – Candra no 4º ou 7º Bhāva, Sūrya no 10º Bhāva, um benéfico no Lagna, confere imediato ganhos de dinheiro. O mesmo resultará se Bṛhaspati ocupar o Lagna.

Notas – estes Ślokas são do Praśna Dīpikā. Bons aspectos entre o Senhor do Lagna e do 2º Bhāva indicam ganhos e prosperidades. O Senhor do Lagna no 2º Bhāva sempre indica rápida remoção da pobreza. Rāhu e Śani no 2º Bhāva indicam pobreza ou complicações financeiras. Os ganhos podem vir de fontes significadas pelo Senhor do 2º Bhāva ou em associação com o Senhor do 2º Bhāva, assim se o Senhor do 7º Bhāva estiver posicionado no 2º Bhāva, indicará ganho através da esposa; o Senhor do 10º no 2º, ganhos na profissão. O planeta afligindo o 2º Bhāva ou o Senhor do 2º Bhāva, indica a fonte das perturbações financeiras etc.

Terceiro Bhāva

13 – Quando o Senhor do 3º Bhāva aspecta o 3º, ou se o 3º Bhāva e seu Senhor estiverem aspectados por benéficos, a saúde dos irmãos do querente será boa e eles estarão felizes. Em caso inverso, ou seja, por maléficos etc., resultados contrários acontecerão.
14 – Se o senhor do 3º Bhāva estiver no 6º e estiver em Muthaśila com o Senhor do 6º; o se o senhor do 6º estiver no 3º ou o senhor do 3º estiver aflito, os irmãos do querente estarão com má saúde.
15 – O irmão do querente estará sofrendo de doença perigosa se o Senhor do 3º Bhāva estiver em combustão. A fonte da aflição será de acordo com o planeta que estiver em Ithasala com o Senhor do 6º ou do 8º Bhāva.
16 – O Bhāva cujo Senhor estiver no 6º ou no 8º Bhāvas sofre aflições. Desta forma se deve acertar a aflição com relação a todos os Bhāvas.

Quarto Bhāva

17-19 – Se o Senhor do Lagna tem Muthaśila com Candra no 4º Bhāva, ou ocupa sua própria casa, o querente obterá posses de terras. Se a combinação está afligida por maléficos, resultados contrários acontecerão.
Se o fazendeiro coloca a pergunta “se terá ou não sucesso em cultivar certa terra”, responda assim:
O Lagna indica o cultivador, o 4º Bhāva indica a terra, o 7º Bhāva governa o cultivo da terra, e o 10º Bhāva governa a colheita. Se o Lagna estiver ocupado por um maléfico, o fazendeiro perde para ladrões.
20 – Se um maléfico no Lagna está livre de retrogressão ou aceleração, o beneficiário será um ladrão. Se benéficos estiverem no Lagna, o fazendeiro será beneficiado pelo cultivo da terra.
21 – Se um maléfico ocupa o 4º Bhāva, o cultivador será dispensado com a terra. Se um benéfico está localizado no 7º Bhāva, o cultivo obterá sucesso. Maléficos destruirão a colheita.
22-23 – Se o Senhor do 10º Bhāva estiver no 10º aspectado por ou associado com benéficos, haverá boa colheita.
Em uma pergunta relacionada a arrendamento de terra, o Lagna significa o querente e o 7º indica o locatário, o 10º Bhāva significa a produção, e o 4º governa o lucro final etc. Benefícios resultarão se o Lagna e seu Senhor estiverem relacionados com benéficos. Se eles estiverem afligidos, contrários resultados serão mostrados.
24 e ½ - Se maléficos estiverem no 4º Bhāva, os resultados finais serão desfavoráveis.

Quinto Bhāva

25-26 – Se um querente pergunta “Se eu terei um filho desta mulher”, a resposta será positiva se o Lagna ou Candra estiverem em Muthaśila com o Senhor do 5º Bhāva.
O querente terá um filho rapidamente se o Senhor do 5º Bhāva estiver no Lagna e se o Senhor do Lagna e Candra estiverem no 5º Bhāva.
27 – Se houver Nakta Yoga, o nascimento será atrasado. Se o Lagna estiver em uma Rāśi dual e estiver conjunto com benéficos, haverá nascimento de gêmeos.
29 – Se o Lagna e o Senhor do 5º Bhāva forem Rāśis masculinas, então o nascimento de um menino é assegurado. Se Candra estiver em uma Rāśi ímpar e estiver em Muthaśila com um planeta masculino, então também nascerá um menino.
30 – Se Candra ou Budha estiverem no 5º Bhāva ou em conjunção com (ou aspectando) o Senhor do 5º Bhāva, ou se o Senhor do 5º Bhāva estiver exaltado, o querente obterá um filho legítimo.
31 – Quando o querente colocar a pergunta “Se esta mulher está gravida”, prediga que ela está grávida se os senhores do Lagna e de Candra estiverem no 5º Bhāva.
32 – Se Candra ou o Senhor do Lagna estiver em um Apoklima, em Ithasala com o Lagna ou com o 5º Bhāva, mas aspectado pelo Senhor do 5º Bhāva, então a mulher não está gravida.
33 – Se o Lagna estiver em uma Rāśi móvel e um maléfico ocupando (o Lagna) estiver em Muthaśila com Candra em sua fase crescente (Śukla Pakṣa), ou se o Lagna estiver em Chara Rāśi e o Senhor (desta Rāśi) ou Candra a ocupando estiver em Ithasala com um planeta retrógrado, a mulher terá um aborto.
34 – Se a pergunta for: “se a criança no útero viverá ou morrerá”, diga que ela vivera se o Senhor do 12º estiver em um Kendra em yuti com ou aspectado por benéficos; ou se a pergunta for colocada durante Śukla Pakṣa e Candra estiver bi 12º Bhāva conjunto com benéficos, a criança no útero viverá.
35 – Se o Senhor do 12º Bhāva for um maléfico, estiver combusto ou estiver em um Apoklima e não aspectado por ou em yuti com benéficos, a criança morrerá logo após o nascimento ou ainda no útero.
36 – Em uma pergunta relacionada ao momento do parto, o número de Navāṃśas passados no Lagna significa o tempo de gravidez. O número de Navāṃśas que permanece e os grais que permanecem no Navāṃśa governante, significam, respectivamente, o número de meses e de dias ainda a passarem para o parto acontecer.
37-38 – A mulher irá dar à luz em tantos meses conforme o número de Rāśis contadas a partir do Lagna até à posição de Śukra Graha. Se Śukra ocupar o 10º, 11º ou 12º Bhāvas, o número de meses corresponderá ao número das Rāśis a partir do 5º Bhāva até a posição de Śukra.

Nota – Esta visão é de Bhuvana Pradīpa.

39 – Se o Lagna estiver em uma Rāśi diurna, ou a pergunta for colocada durante o dia, ou o Senhor do Lagna estiver em uma Rāśi dual, a criança nascerá durante o dia; caso contrário, a criança nascerá durante a noite.
40 – Se uma Rāśi noturna surge (no Lagna), mas a pergunta é colocada durante o dia, então o resultado deve ser predito com base na disposição do Senhor do Lagna, o Senhor da Rāśi ocupado pelo Senhor do Lagna, Dina Horā etc.
41-43 e ½ – Se a pergunta “terei um filho este ano” for colocada, o nascimento de uma criança deve ser predito quando existir Ithasala entre os Senhores do Lagna e do 5º Bhāva.
Nascimento de uma criança deve ser predicado se o Senhor do Lagna estiver no 5º Bhāva e o Senhor do 5º Bhāva estiver no Lagna, sujeito, ambos, a aspectos benéficos. Caso contrário, não haverá nascimento de filhos.
Se o Senhor do 5º ou do 6º Bhāvas, estando, ambos, livres de combustão; ou se Bṛhaspati Graha, ou Budha ou Śukra, surgirem no Lagna, haverá nascimento de uma criança.

Sexto Bhāva

44-45 – Para responder uma pergunta relacionada à doença e sua cura ou o contrário, considere o Lagna como significando o médico; o 7º Bhāva, a doença; o 10º Bhāva, o paciente; e o 4º Bhāva, a medicina ou o tratamento. Se maléficos estão no, ou aspectando o Lagna, a doença não pode ser curada pelo médico.
46 – Do contrário, a doença será intensificada. Se maléficos estiverem no 10º Bhāva, devido à própria falta do querente, o tratamento não funcionará. Se maléficos estiverem no 7º ou 4º Bhāvas, uma complicação levará a outra complicação.
47 – Benéficos nos locais acima, serão capazes de permitir à cura ao paciente. Se o Senhor do Lagna e Candra estiverem em Ithasala com benéficos, a doença será destruída.
48 – Se os planetas (Senhores dos Bhāvas acima) estiverem retrógrados, a doença voltará novamente  ou haverá recaída. Se os planetas retrógrados (no Lagna, 4º, 7º ou 10º Bhāvas) estiverem em Ithasala com Candra, o paciente morrerá.
49-51 – O paciente morre sob as seguintes combinações:

(a) o Senhor do 8º ocupa o Lagna;
(b) o Senhor do Lagna ou o Senhor do 8º está no 8º Bhāva contado de Candra;
(c) Sūrya é Senhor do Lagna e Candra causa Ithasala com o Senhor do 7º Bhāva posicionado no 6º Bhāva;
(d) há Ithasala entre o Senhor do 8º Bhāva ou o Senhor do Lagna ocupando um Kendra, e um planeta em combustão ou retrógrado; e
(e) os Senhores do Lagna e do 8º Bhāva ocupam Kendras aflitos e há Ithasala entre esses dois Senhores.

52 – Se o Lagna estiver em Dvadasāṃśa de Sūrya, o paciente morre. Se o Lagna cai em uma Rāśi móvel, o paciente começa a se recuperar, mas novamente tem uma recaída.
53 – Se o Lagna estiver em uma Rāśi dual, a doença será outra além daquela suspeitada. Se o Lagna estiver em uma Rāśi fixa, a doença está como suspeita. Se Candra estiver em Muthaśila com um planeta retrógrado, ela se tornará uma doença crônica.
54-55 e ½ – Se Candra está em Muthaśila com um planeta de movimento lento, a doença primeiramente origina do bloqueio da passagem urinária. Se no 4º ou 7º Bhāvas, antes da consulta, Sūrya e Candra estiverem sujeitos a influencias de benéficos, o paciente irá se recuperar. A doença continuará se o Senhor do Lagna ou Candra tiverem Ithasala com o Senhor do 6º ou estiverem em combustão.


Empregador – Relações com Funcionários

56-58 e ½ – Uma pergunta como “Irei trabalhar para outro empregador?”, deve ser respondida assim:
Se o Senhor do Lagna estiver em um Kendra sem estar em Muthaśila com o Senhor do 6º ou do 12º Bhāvas, não haverá qualquer chance de serviço. Se o Senhor do Lagna estiver retrógrado e estiver em Ithasala com um planeta no 3º ou 9º Bhāvas, o querente mudará para um novo empregador. Se o Senhor do Lagna estiver em um quadrante e estiver aspectado adversamente por um maléfico, e o Punyasaham estiver combusto, então não haverá nenhuma mudança de emprego através da vida do querente.
59-60 e ½ – Uma pergunta tal como “meu emprego atual é seguro?” – deve ser respondido assim: Se o Senhor do Lagna estiver em Kambūla Yoga com Candra, então o emprego atual do querente está seguro. Da mesma forma, perguntas feitas em relação a propriedades de terras, casas, arrendamentos etc., devem ser respondidas por uma avaliação própria dos fatores favoráveis e desfavoráveis.
61 – Em perguntas como se se deve obter um empregado ou gado: Se o Senhor do Lagna e Candra estiverem no 6º Bhāva, ou se o Senhor do Lagna estiver em Ithasala com o Senhor do 6º Bhāva, ou se o Senhor do 6º está no Lagna, o querente obterá empregados e gado.

Sétimo Bhāva

62-63 – Em uma pergunta sobre casamento, se o Senhor do 7º estiver em Ithasala com o Senhor do Lagna ou com Candra, o querente obtém uma noiva sem procurar por ela. Se o Senhor do Lagna, ou Candra estiver no 7º Bhāva, então a noiva será assegurada sem qualquer esforço.
64-66 – Se o Senhor do Lagna estiver em Musaripha com Candra, ou em Ithasala co Senhor do 7º Bhāva, o querente assegura uma noiva sem esforço. Se o planeta com quem o Ithasala é formado estiver em combustão ou afligido por maléficos, o querente não terá sucesso em obter noivado. Se o Senhor do 8º for um maléfico, o objetivo de obter uma noiva não será frutificado. Conforme o Senhor do 3º ou do 4º Bhāvas acontecerem de ser um maléfico, a falha se deverá, respectivamente, aos irmãos e aos pais. Se na carta, combinações são afetadas por planetas benéficos, o objetivo será realizado através de fontes apropriadas.
67 – Em relação ao querente perguntar sobre casos de amor, diga que haverá amizade e amor se o Senhor do Lagna estiver em Muthaśila com o Senhor do 7º. Se estes dois Senhores estiverem em aspecto hostil, o par irá brigar sempre. Se qualquer um desses Senhores tiver Kambūla Yoga com Candra, a noiva será dotada com bom caráter.
68 – Conforme Śani, acontecendo de ser o Senhor do Lagna ou do 7º Bhāva, ocupa um Kendra, então o querente ou a noiva terão uma ajuda superior.
69 – Se ambos os planetas estiverem na mesma Rāśi, prediga que o casal brigará, mas que voltará a se reconciliar. Conforme Sūrya, Śukra, ou ambos, estiverem fracos, o noivo ou a noiva, ou ambos, terão pouca felicidade.
70-71 – Se a pergunta “se minha esposa aborrecida (com o querente) voltará para casa” for colocada, diga que ela não voltará se Sūrya estiver no Lagna, 2º ou 3º Bhāvas e se Śukra estiver no 5º, 6º ou 7º Bhāvas. Se Śukra estiver ou retrógrado ou surgindo heliacalmente, a esposa retornará para casa. Se Śukra não estiver retrógrado e nem combusto, a esposa não retornará. Ela deverá retornar depois de considerável atraso, ou rapidamente, conforme Candra estiver em sua fase clara (Śukla Pakṣa) ou minguante (Kṛṣṇa Pakṣa).
72 – Se uma pergunta é colocada: “a noiva é pura em seu caráter”, diga que ela é pura se o Lagna estiver em uma Rāśi fixa e o Senhor do Lagna e Candra também estiverem em Rāśis fixas.
73 – Se o Lagna, o Senhor do Lagna e Candra estiverem em Rāśis móveis, o caráter da garota não é puro. Se Candra está em uma Rāśi dual e o Lagna em uma Rāśi móvel, o caráter da garota é duvidoso.
74 – Se Candra e Maṅgala estiverem em Rāśis móveis ou duais, respectivamente, a garota terá cometido adultério em segredo. Se Candra e Śani estiverem no Lagna, sua impureza sexual será um segredo revelado.
75 – A garota será definitivamente culpada de adultério se Maṅgala e Śani ocupam um Kendra e recebem dṛṣṭi de Candra, e se Śukra ocupa o Drekkana de Candra.
76 – A mulher não terá ainda se entregado se Śukra estiver em Kumbha Rāśi e Budha estiver em Siṃha. Se Śukra e Budha estiverem em Vṛścika e em Vṛṣa, ela já terá se entregado.
77 – Se Maṅgala, Budha, Śukra e Candra estiverem em Rāśis duais (exceto Dhanu), a senhora irá se entregar rapidamente. Se eles estiverem em Dhanu, a entrega não acontecerá.
78 – Se maléficos estiverem em Rāśis móveis, a gravides será devido a outra pessoa que não o seu marido. Se maléficos estiverem em Rāśis fixas, a criança nasce do seu esposo. Se influencias estiverem misturadas, a paternidade permanecerá questionada.
79 – Uma pergunta tal como “esta mulher está grávida de seu marido ou de outro homem?”, deve ser respondida assim: a concepção se deve ao seu marido se os Senhores do Lagna e do 5º Bhāva estiverem aspectados por ou conjunto com benéficos; se aspectados por Śani e Maṅgala, é devido a outro homem.
80 – Se tal pergunta for colocada: “esta mulher é uma Kulaṭā (adúltera) ou uma Satī (uma esposa devotada)?”, deve ser considerado como a mulher tendo cometido adultério em sua própria casa se o Senhor do Lagna ou Candra estiverem em grau de conjunção com Maṅgala.
81 – Se Maṅgala estiver em sua própria Rāśi, então ela terá cometido adultério na casa de outra pessoa. Se Sūrya estiver em Muthaśila com Maṅgala, ela teve intimidade com uma pessoa de elevado status.
82 – Se Maṅgala tem Muthaśila com Budha, seu amante é um viajante ou um escritor. Se tem Muthaśila com Śukra, então ela será culpada de homossexualidade. Se combinações contrárias existem, a senhora será pura em caráter.
83-84 – Se Maṅgala (na combinação acima) tem Musaripha Yoga com o Senhor do Lagna ou com Candra, o amante da mulher estará a seu gosto. Se Maṅgala estiver aspectado por Bṛhaspati, Sūrya ou por Śukra, ela será contida por medo de seu filho, ou a lei, ou outras mulheres. Se Budha e Śukra juntos aspectam Maṅgala, ela terá medo de escândalo que seu amante é um homem velho.

Oitavo Bhāva

85 – Em relação a perguntas sobre guerra, se o planeta no Lagna ou planeta ocupando a Rāśi ocupada pelo Senhor do Lagna estiver em Musaripha com Candra, o governante (o querente) vencerá. Se Candra tiver Muthaśila com o planeta no 7º Bhāva ou o planeta que está no signo ocupado pelo Senhor do 7º, o inimigo vencerá.
86 – Se planetas superiores (Maṅgala, Bṛhaspati e Śani) estão fortemente colocados e na frente dos planetas inferiores (Śukra e Budha), ou se os planetas inferiores estão fracos e atrás dos superiores, a vitória será do querente.
87 – Se o Senhor do Lagna forma Muthaśila com o Senhor do 7º no 6º, 3º, 10º ou 11º Bhāvas, os governantes que guerreiam cessarão a briga por mútuo acordo. Se o Senhor do Lagna estiver entre o Lagna e o 7º Bhāva, o querente governante será morto no campo de batalha.
88 – Se os Senhores do Lagna e do 7º Bhāva estiverem em Musaripha e um desses Senhores estiver combusto, a guerra durará muito tempo. Se o Senhor do Lagna, sendo o planeta de movimento lento (Śani) estiver em Kambūla Yoga (com Candra) e estiver na frente do planeta de movimento mais rápido, o querente vencerá.
89 – Se o Senhor do Lagna, como no stanza 88, estiver combusto ou ocupar sua Rāśi de debilidade do Senhor do 7º Bhāva, ou estiver em um Kendra a partir do Senhor do 7º Bhāva, ou estiver no 7º Bhāva, o querente encontrará perigo de ser vencido em batalha.
90 – Se benéficos estão atrás do Lagna e os planetas de movimento lento estão na frente do Lagna, o querente obterá ajuda de uma pessoa nobre. Se o Senhor do Lagna estiver no 8º Bhāva e em Muthaśila com o Senhor do 8º Bhāva, o querente morre em batalha.
91 – O inimigo será destroçado quando o Senhor do 7º estiver no 2º e estiver em Muthaśila com o Senhor do 2º Bhāva. O Senhor do Lagna em Muthaśila com o Senhor do 10º Bhāva indica sucesso para o querente.
92 – Os Senhores do 4º e do 7º Bhāva em yuti indica vitória para o inimigo. Se os Senhores do Lagna e do 7º Bhāva estiverem em Kendras e em mútuo Ithasala, prediga sucesso para a parte significada pelo mais forte dos dois senhores.
93 – Se o Senhor mais forte, sugerido no stanza 92, estiver em uma Rāśi móvel, a parte indicada por ele obterá sucesso inicial seguida de posterior derrota. Se o Senhor do Lagna estiver no 12º Bhāva, o exército do querente sofrerá perdas. Se o Senhor do 7º estiver no 6º Bhāva, o exército do inimigo sofrerá perdas.
94 – Conforme o Senhor do 10º estiver no Lagna, ou o Senhor do 4º estiver no 7º os exércitos do querente ou do inimigo, respectivamente, obterá ajuda. A natureza da ajuda será de acordo com o planeta envolvido em Muthaśila com Sūrya ou com Candra. Se houver Musaripha, o mal por si só poderá acontecer.

Nono Bhāva

95 – Se o querente coloca a pergunta: “Empreenderei uma viagem?”, diga que o querente viajará se o Senhor do Lagna estiver posicionado em um quadrante e tem Muthaśila com o Senhor do 9º Bhāva e vice-versa.
96 – Se o Senhor do 9º Bhāva estiver no Lagna e tiver Muthaśila com o Senhor do Lagna, não haverá jornada. Na ausência de um aspecto trino nas combinações acima, não haverá viagem.
97 – Se o Senhor do Lagna, ocupando um Kendra, estiver em Muthaśila com um planeta no 3º Bhāva e estiver desprovido de aspectos maléficos, haverá viagem. Se maléficos estiverem em Kendras, a viagem não acontecerá.
98 – Maléficos no 7º indica falha no projeto de viagem. Maléficos no 10º Bhāva indicam que o objetivo da viagem falhará devido ao Governo ou os mais velhos na família.
99 -  Se houver Muthaśila entre os Senhores do Lagna e do 9º Bhāva, e maléficos os aspectam, o querente encontrará perigo físico e perda de dinheiro na viagem.
100 – Se existir Muthaśila entre os Senhores do Lagna e o 9º Bhāva tem referencia para o 8º e 7º Bhāvas, haverá aflição durante a viagem. Se o Yoga está no Lagna, o querente terá uma viagem confortável.
101 – A partir do Lagna deve ser predito a natureza (confortável ou não) da viagem; a partir do 10º Bhāva, o objeto da viagem; a partir do 7º Bhāva, a natureza do local a ser visitado; e a partir do 4º Bhāva, o resultado da viagem. A partir do Lagna deve ser acertado os confortos do corpo físico.
102 – Benéficos no 10º Bhāva confere sucesso; no 7º Bhāva, bom local de visita; e no 4º Bhāva – completa satisfação e realização.
103-104 – Conforme o Senhor do Lagna ou Candra estiverem aflitos nas Rāśis humanas, quadrúpedes ou aquáticas, o problema durante a viagem virá de seres humanos, animais quadrúpedes ou de criaturas que vivem nas águas, respectivamente. Se a aflição estiver em Dhanu ou Kumbha, o problema virá de árvores e de plantas. Se a aflição estiver em Siṃha, o problema virá de espécies de leões.

Notas – Rāśis Dvipadas (humanas) são – Mithuna, Kanyā, Tulā; Rāśis Aquáticas são – Karkaṭa, Vṛścika e Mīna; Rāśis Quadrúpedes são – Meṣa e Vṛṣa.

105 – Se a pergunta “minha visita na cidade ou local será proveitosa” for colocada, deve ser respondido assim: Se o Senhor do 2º Bhāva estiver no Lagna, retrógrado, os planos do querente, em visitar o local, não será proveitoso.
106 – Se o Senhor do 2º Bhāva estiver em movimento acelerado, a estadia não será longa e a visita não muito frutífera. Se o Senhor do 2º Bhāva ocupar o 9º ou 3º Bhāvas, o querente termina seu trabalho rapidamente e volta para seu País de origem.
107 – O Senhor do 2º Bhāva se juntando ao Lagna, o 10º ou 11º Bhāvas, indica realização suave do objetivo da visita. Conforme o Senhor do 2º Bhāva estiver no 7º ou 4º Bhāvas, afligido, a falha será devida a muitos problemas ou brigas no caminho.

Décimo Bhāva

108 – Se o Senhor do Lagna ou Candra estiverem no Lagna, e formando Muthaśila com o Senhor do 10º, e o Senhor do 10º estiver aspectado favoravelmente, o querente herdará o reino do qual ele é herdeiro.
109 – Os Senhores do Lagna e do 10º em mútuo intercâmbio de casas e não afligidos, confere ganhos (de um reinado) sem esforço. O Senhor do 10º no Lagna, em Muthaśila com um benéfico, indica resultados semelhantes. Se na combinação acima, o planeta de movimento mais lento estiver afligido, o querente não terá chance de sucesso.
110-111 – Se um planeta de movimento lento estiver fortemente colocado no 4º Bhāva, e em Muthaśila adverso (quadrante), a reputação do querente está em perigo; se em favorável Muthaśila (trino) e livre de aflição, ele obtém fama. Se Candra está fraco e o planeta de movimento lento não está desprovido de força, o querente obtém o reinado depois de visitar muitos locais. Se o Senhor do Lagna está no Lagna e Maṅgala está exaltado, o estado é assegurado.
112 – Quando um Kambūla Yoga está presente entre os Senhores do Lagna e do 10º, estando em Muthaśila com um Candra quadrangular, o querente obtém um bom reinado. Se Candra estiver situado em sua própria Rāśi, ele obtém um grande reinado.

Realização do Objetivo

113 – Não haverá sucesso ou realização do objetivo se o Senhor da Rāśi ocupada pelo Senhor do Lagna estiver em Bhāvas desfavoráveis. Imensas dificuldades serão encontradas se o Senhor do Lagna estiver combusto. Se existir um aspecto quadrante haverá conflitos e brigas.
114-116 – Em uma pergunta “haverá chance para eu obter um reinado?”, o Lagna representa os esforços físicos, o 7º Bhāva representa tentativas em casa, o 10º governa as vantagens de assegurar o reinado, e o 4º Bhāva compreende a ajuda que vem de amigos. O 2º Bhāva indica ajuda financeira, o 3º Bhāva  ajuda de assistentes, e o 6º Bhāva a mente dos inimigos. Se estes locais estiverem ocupados por ou conjunto com benéficos, os resultados benéficos se seguirão a partir dos significados respectivos. O inverso será se houver aflições. Se o Senhor do 2º sendo Maṅgala estiver debilitado, o dinheiro será gasto com as esposas dos outros.
117 – Conforme o Senhor do 2º Bhāva for Bṛhaspati Graha, Śukra ou Budha ocupando o 9º, 11º ou 6º Bhāvas, o dinheiro será gasto ajudando os preceptores, ou em prazeres sensuais, ou em viagem e negócios, respectivamente. Se Candra tem Ithasala, os gastos serão por motivos generosos.
118 – Se o Senhor do Lagna estiver aflito e fraco, o reinado será destruído. Se um Kambūla Yoga estiver presente, e o Yoga for produzido por um planeta aflito, o querente perderá seu poder.
119 – Amizade existirá entre o rei e o ministro se existir Kambūla Yoga no Lagna e no 7º Bhāva, e se benéficos estiverem em Ithasala com os dois Bhāvas.
120-121 – A pergunta “se ou não o rei possuirá o País permanentemente”, deve ser respondida assim:  Se além dos Senhores do Lagna e do 10º Bhāva, o Senhor de movimento mais lento estiver em um Kendra, a autoridade será permanente. Caso contrário, será temporário.
Se o planeta de movimento mais lento estiver retrógrado e ocupar o 4º Bhāva, e existir um Kambūla Yoga, o reinado escapará do governo do rei por algum tempo, mas ele o obterá de volta rapidamente. Se existir Musaripha, a chance de obter o reinado de volta será desolador.

Décimo-primeiro Bhāva

122 – Se a pergunta “o rei irá me honrar?” for colocada, responda assim: Se os Senhores do Lagna e do 11º Bhāva estiverem em Muthaśila amigável, o querente será honrado.
123 – Se o aspecto não for amigável, a honra é negada. Se o Senhor do 11º Bhāva tem um Kambūla Yoga com Candra em um Kendra, a honra será conferida rapidamente. O resultado será apropriado à natureza da Rāśi – móvel, fixo ou dual –, ao qual o Kambūla tem referência.
124 – Se o planeta de movimento mais lento estiver aflito, a esperança do querente parece que será rapidamente realizada, mas na verdade ela será desapontada. Se o planeta não estiver aflito, a esperança de honra será confirmada.
125 – Se os Senhores do Lagna e do 11º estiverem em mútuo Muthaśila amigável, haverá verdadeira amizade entre o querente e o inquirido.
126 – Se o Senhor do Lagna e do 11º Bhāva estiverem em mútuos Kendras, haverá amizade; se em Panaparas, haverá intimidade; e se em Apoklimas, amizade profunda prevalecerá.
127 – Se o Senhor do Lagna e Candra estiverem em Muthaśila favorável em um Kendra ou em um Bhāva cadente (Panapara), o objetivo do querente será realizado.

Décimo-segundo Bhāva

128 – Em disputas com oponentes, se o Senhor do 6º Bhāva estiver forte, o inimigo deve ser considerado poderoso. Se o Senhor do 12º Bhāva for mais forte, então o querente é poderoso.
129 – Se a pergunta é sobre guerra com um inimigo, diga que o inimigo é poderoso se o Senhor do 7º está fortemente colocado. Se o Senhor do 12º for poderoso, então a pessoa para quem a pergunta é colocada é mais forte.
130 – Se o 12º Bhāva está bem aspectado e combinado (em bons aspectos), o querente gastará dinheiro em causas benéficas, em atos meritórios. Caso contrário, o gasto será em coisas tôlas. Desta forma cada casa deve ser estudada.