© Todos os Direitos Reservados. Não é permitido compartilhar o conteúdo deste Blog em outros sites. Este Blog está protegido contra cópias de seu conteúdo inteiro ou em partes. Grata pela compreensão.

A EXISTÊNCIA DE CASAS NAS 16 DIVISIONAIS


Existe um conceito equivocado que surgiu entre os astrólogos modernos e contemporâneos de que as divisionais não possuem casas, mas seus planetas lá posicionados deveriam ser analisados somente através da posição em signos (dignidade planetária), pois, de acordo com o BPHS, o sábio não aconselhou em seu monumental Śāstra a criar casas através da derivação da Carta Rāśi para todas as outras divisionais. Vamos ver se isto está correto pela própria exposição do conhecimento. Peço aqui a atenção dos astrólogos para demonstrar tal imparidade na interpretação recente deste conhecimento e demonstrar, através de 2 breves princípios, a existência irrefutável de casas nas divisionais.


1ª PROVA DE QUE EXISTEM CASAS EM CADA UMA DAS 16 DIVISIONAIS:


Como se formam as 16 Cartas Divisionais (Ṣoḍaśavarga)?


Ṣoḍaśavarga – Ṣoḍaśa significa dezesseis e varga significa divisional em sânscrito. São as dezesseis divisões mencionadas por Parāśara que dão origem as Cartas Divisionais.

As divisionais derivam da carta Rāśi. Se a carta Rāśi possui um signo que ocupa o Ascendente, o signo que derivar dele na sua primeira sequência, será o Ascendente da carta divisional. Vamos ver um exemplo de como se formam as divisionais com a Carta D-9. Lembrando aqui que cada Divisional possui sua própria conduta de derivação. 

Deixe-nos determinar as divisões do Navāṁśa e a Carta D-9. Aqui ‘N’ = 9 e cada signo de 30º de longitude está dividido em 9 partes de 3º20’ (ou 200’) cada um. Cada uma dessas divisões é chamada um Navāṁśa. As 9 (Nava) divisões (aṁśas) de todos os signos devem estar na taxa de longitude de:


Aṁśa
(1) 0° – 3°20’
(2) 3°20’– 6°40’
(3) 6°40’– 10°
(4) 10°– 13°20’
(5) 13°20’– 16°40’
(6) 16°40’– 20’
(7) 20°– 23°20’
(8) 23°20’– 26°40’
(9) 26°40’– 30°

Agora, se tivéssemos de mapear as divisões em signos no Navāṁśa (D-9) Carta, e se mantivermos que as divisões são regulares (sem saltar entre os signos), então a 1ª divisão de Áries deveria ser mapeada em Áries, a 2ª divisão de Áries deveria ser mapeada em Touro, e assim até a última, ou a 9ª divisão de Áries ser mapeada em Sagitário.  O signo seguinte a Áries é Touro, e o seguinte signo mapeado seguinte a Sagitário é  Capricórnio. Assim, a 1ª divisão de Touro deve ser mapeada em Capricórnio. A 2ª divisão de Touro deve ser mapeada em Aquário e assim até a última (9ª) divisão ser mapeada em Virgem. Em seguida o signo seguindo Touro é Gêmeos e o signo mapeado seguindo Virgem é Libra. Assim, a 1ª divisão de Gêmeos é Libra, a 2ª é mapeada em Escorpião e assim até a última divisão ser mapeada em Gêmeos. O signo seguindo Gêmeos é Câncer, cuja 1ª divisão é o próprio Câncer. Isto ajuda um padrão definido em que:

1 – O 1º Navāṁśa de signos móveis está no mesmo signo; de signos fixos no 9º signo dele; e em signos duais no 5º signo dele.

2 – O 1º Navāṁśa de qualquer signo é mapeado em signos móveis nos trinos dele. Esta é a forma mais simples de lembrar o cálculo do Navāṁśa. Veja os três signos, os quais estão em trinos ao signo sob consideração, e determine o signo móvel, o qual irá preencher o 1º Navāṁśa. Subsequente Navāṁśa estará em uma sequencia regular na ordem dos signos.


Tabela 1
Signo Móvel (começa no mesmo que ele)

Grau
Áries
Câncer
Libra
Capricórnio
3°20′
Áries
Câncer
Libra
Capricórnio
6°40′
Touro
Leão
Escorpião
Aquário
10°00′
Gêmeos
Virgem
Sagitário
Peixes
13°20′
Câncer
Libra
Capricórnio
Áries
16°40′
Leão
Escorpião
Aquário
Touro
20°00′
Virgem
Sagitário
Peixes
Gêmeos
23°20′
Libra
Capricórnio
Áries
Câncer
26°40′
Escorpião
Aquário
Touro
Leão
30°0′
Sagitário
Peixes
Gêmeos
Virgem


Tabela 2
Signo Fixo (9ª a partir dele)

Grau
Touro
Leão
Escorpião
Aquário
3°20′
Capricórnio
Áries
Câncer
Libra
6°40′
Aquário
Touro
Leão
Escorpião
10°00′
Peixes
Gêmeos
Virgem
Sagitário
13°20′
Áries
Câncer
Libra
Capricórnio
16°40′
Touro
Leão
Escorpião
Aquário
20°00′
Gêmeos
Virgem
Sagitário
Peixes
23°20′
Câncer
Libra
Capricórnio
Áries
26°40′
Leão
Escorpião
Aquário
Touro
30°0′
Virgem
Sagitário
Peixes
Gêmeos


Tabela 3
Signo Dual (5ª a partir dele)

Grau
Gêmeos
Virgem
Sagitário
Peixes
3°20′
Libra
Capricórnio
Áries
Câncer
6°40′
Escorpião
Aquário
Touro
Leão
10°00′
Sagitário
Peixes
Gêmeos
Virgem
13°20′
Capricórnio
Áries
Câncer
Libra
16°40′
Aquário
Touro
Leão
Escorpião
20°00′
Peixes
Gêmeos
Virgem
Sagitário
23°20′
Áries
Câncer
Libra
Capricórnio
26°40′
Touro
Leão
Escorpião
Aquário
30°0′
Gêmeos
Virgem
Sagitário
Peixes



Exemplo – Natividade Padrão
 Tabela 4
Lagna
22 Aq 56′
Fixo
Ar
Sun
6 Aq 53′
Fixo
Sg
Moon
5 Cp 50′
Móvel
Aq
Mars
2 Ta 08′ Ta
Fixo
Cp
Mercury (R)
17 Aq 15′
Fixo
Aq
Jupiter
2 Aq 28′
Fixo
Li
Venus
3 Cp 02′
Móvel
Cp
Saturn (R)
4 Ge 21′
Dual
Sc
Rahu
1 Sg 49′
Dual
Ar
Ketu
1 Ge 49′
Dual
Li

Como podem perceber, a colocação dos planetas dependerá do signo ser Móvel, Fixo ou Dual. Esse é o padrão de acordo com Parāśara.

Para o signo Ascendente da Carta D-1, um novo signo Ascendente é derivado dele e esse novo signo Ascendente deve se tornar o Ascendente da carta derivada. No exemplo da natividade padrão que nasceu com o Ascendente Rāśi a 22 Aq 56′, ela obteve o Ascendente Navāṁśa em Áries de acordo com a técnica de derivação ensinada por Parāśara.



________________________________________________________



2ª PROVA DE QUE EXISTEM CASAS EM CADA UMA DAS 16 DIVISIONAIS:


Alguns Ślokas devem ser suficientes para provar a existência de Casas nas divisionais e aqui continuarei a citar o exemplo da Carta Navāṁśa, pois se o Navāṁśa possui casas, deve-se supor que as outras também devam possuir.

BPHS 14:8 – Nascimento Enrolado. Se houver um nascimento nos Lagnas de Meṣa, Vṛṣabha e Siṁha, contendo quer Śani ou Maṅgala, o nascimento da criança será com o cordão enrolado em um membro. O membro correspondente será de acordo com o Lagna do Rāśi ou do Lagna Navāṁśa.

Nota – O sábio menciona aqui a importância de Saturno (Śani) ou Maṅgala (Marte) posicionados nos Ascendentes Áries (Meṣa), Touro (Vṛṣa) ou Leão (Siṁha) no Ascendente da Carta Rāśi ou no Ascendente da Carta Navāṁśa para que a criança nasça com o cordão umbilical enrolado quer na cabeça (Áries), no pescoço (Touro) ou no peito (Leão). Esses são os membros correspondentes a cada um dos signos citados.

BPHS 19:25 – Se o Senhor da 8ª se junta a Rāhu em um ângulo ou em um trino a partir do Randhra Bhāva, e está no Randhra no Navāṁśa, o sujeito será perturbado por inchaço nos vasos sanguíneos, desordens urinárias etc., durante o 18º e 22º ano de sua vida.

Nota – o sábio aqui demonstra que existem casas no Navāṁśa, uma vez que Randhra Bhāva é a casa 8 em qualquer divisional.

BPHS 20:19 – A natividade terá duas esposas se o Senhor de Yuvati estiver em queda, ou em um Rāśi maléfica junto com um maléfico, enquanto que o Yuvati Bhāva ou a 7ª do Navāṁśa pertence a um planeta eunuco (Budha ou Śani).

Nota – a 7ª do Navāṁśa aqui se refere a Yuvati Bhāva (casa 7) nesta divisional. Seria muito confuso interpretar a 7ª do Navāṁśa se esta divisional não possuísse casas, pois seria a 7ª a partir de que referencial? Correto? Portanto, o referencial a que Parāśara Muni se refere quando diz “a 7ª do Navāṁśa” é o Ascendente.

BPHS 20:31 – Deve o Senhor de Yuvati estar em Vyaya enquanto o Lagneśa Natal estiver em Yuvati no Navaṁśa e o casamento será em 23/26 anos de idade.

Nota – Este é outro Śloka de Parāśara que demonstra que as divisionais possuem casas e que devemos analisar as posições planetárias através de casas e não apenas através da dignidade planetária desconsiderando casas. Aqui ele fala Yuvati no Navaṁśa, ou seja, a 7ª casa a contar do Ascendente nesta carta. 

Existem centenas de Ślokas de Parāśara mencionando a existência de casas nas Divisionais e, por tanto, não justifica alimentar o erro em dizer que o sábio jamais falou em termos de casas nas divisionais e que o correto seria analisar os planetas nestas Cartas por meio de dignidade planetária. Os astrólogos modernos e contemporâneos pretendem criar uma nova astrologia, mas querem se valer disso interpretando equivocadamente os ensinamentos dos antigos sábios para justificar seus enganos, infelizmente. 

____________________________________________________

Hari Om  Tat Sat






Nenhum comentário:

Postar um comentário