© Todos os Direitos Reservados. Não é permitido compartilhar o conteúdo deste Blog em outros sites. Este Blog está protegido contra cópias de seu conteúdo inteiro ou em partes. Grata pela compreensão.

Argalā & Virodhārgalā

Argalā
&
Virodhārgalā



|| ॐ गं गणपतये नमः ||
|| oṃ gaṁ gaṇapataye namaḥ ||


© Todos os Direitos Reservados






Karen de Witt
(Astróloga Védica)



Índice



1. Introdução
2. Definição dos tipos de Argalā e de Virodha Argalā
3. Argalās Especiais
4. Śubhārgalā e Pāpārgalā
5. Como funcionam a intervenção e a obstrução
6. Efeitos de Argalā conforme o Sábio Parāśara
7. Trabalhando com Argalās

_________________________________________________________


1. Introdução


Argalā, do Sânscrito (अर्गला), é uma palavra que significa um parafuso de madeira, ou pino para fixar uma porta ou a tampa de um vaso. Sua tradução se estende desde a um suporte que fixa e permite vedar uma entrada, quanto algo que causa um impedimento. O gênero da palavra aceita tanto a forma masculina, feminina quanto neutra.

Virodha, do Sânscrito (विरोध), significa disputa, oposição, hostilidade, adversidade. Assim é que Virodha tem a função de obstruir a Argalā, a porta de entrada de influência sobre assuntos diversos em uma Carta Natal.

Este é um elevado conhecimento que pode ser encontrado tanto nos ensinamentos do Sábio Parāśara quanto nos Sūtras de Jaimini, pelo qual podemos explicar a influência sutis de um planeta sobre outros planetas e casas. Argalā explica como uma área da vida afeta outra área de forma direta ou indireta, benéfica ou maléfica. Assim, podemos entender como os planetas, Upagrahas, Lagnas Especiais e demais pontos colocados nas casas 4ª, 2ª, 11ª, 5ª e 8ª podem influenciar o Lagna, determinando o temperamento, o caráter etc., do nativo. E como planetas, Upagrahas etc., colocados na 10ª, 12ª, 3ª,  9ª e 6ª casas podem obstruir a influência das anteriores, nesta ordem.


Planetas, Upagrahas, Lagnas Especiais e demais pontos causam Argalā,  
e não somente os planetas



Dominar o conhecimento sobre Argalā é fundamental se você pensa em se aprofundar nas previsões, pois esse conceito explica grande parte do sucesso e fracasso em todas as áreas da vida. Sem esse conhecimento não é possível fazer predições corretamente, muito menos receitar a medida corretiva específica, já que está no entendimento de sua função a explicação do porquê, mesmo sem qualquer período planetário ativo para realização de um determinado assunto, o indivíduo continuar obtendo sucesso ou fracasso naquele assunto. Igualmente importante para a aplicação de uma medida corretiva específica e não generalizada, o qual, quando aplicada, terá efeito muito mais rápido e eficaz para a vida da natividade. Quem dominar esse conceito conseguirá um perfeito conhecimento em predições e a possibilidade de ver cada mapa como único, tanto na sua leitura quanto na aplicação das retificações em medidas corretivas.



2. Argalā Primária



O Zodíaco pode ser divido em duas metades, interna e externa. Da 4ª casa até a 10ª casa, no sentido horário, temos a metade interna. Enquanto a outra metade é chamada externa. Essa divisão é a base do Tatkālika Sambandha, ou Relacionamento Temporário. 

Metade Interna
da 4ª à 10ª casa



Pradhāna Argalā = 
Argalā Primária

O entendimento do funcionamento do Relacionamento Temporário é o fundamento por trás do conceito da Argalā Primária. Relacionamento Temporário é chamado em Sânscrito de Tatkālika Sambandha, enquanto que Argalā Primária é chamada Pradhāna Argalā.


Tatkālika Sambandha
Relacionamento Temporário

Planetas ocupando o 2º, 3º, 4º, 10º, 11º e 12º Signos contados a partir do Rāśi ocupado por um planeta, são seus amigos temporários. Note que estes Signos fazem parte do eixo interno da metade do Zodíaco. Embora a casa 1 faça parte do eixo interno, ela é considerada à parte.

Agora, suponha que um planeta amigo do Sol esteja colocado em Leão e Sol esteja colocado em Câncer, a 12ª de Leão, então este relacionamento se torna Adhimitra, extremamente amigo. Isto deve mostrar aquelas pessoas muito próximas e íntimas que têm um relacionamento profundo com a natividade. Se o planeta for neutro e estiver colocado na metade interna, torna-se Mitra, uma pessoa que pode se tornar favorável com alguma proposta amigável.  Se o planeta for inimigo e estiver colocado na metade interna, ele se torna Sama, ou seja, neutro.

Adhimitra 
extremamente amigo


O Relacionamento Temporário deve ser analisado de qualquer casa ou planeta e forma a base do Pradhāna Argalā, a Intervenção Primária e mais importante deste conceito.





... Continua ... 








Nenhum comentário:

Postar um comentário